Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

Hamilton deve receber honraria de cidadão brasileiro e paulista em breve

Deputados esperam apoio nas solicitações depois de polêmica com Piquet

Redação Publicado em 30/06/2022, às 13h48

O vereador Rubinhos Nunes (UB-SP) propôs para a Câmara Municipal a concessão da honraria de cidadão paulistano ao heptacampeão da Fórmula 1, Lewis Hamilton, na quarta-feira, 29. É esperado um grande apoio da solicitação depois da polêmica envolvendo o britânico e o ex-piloto e tricampeão da competição, Nelson Piquet.

Segundo a apuração do portal Terra, Lewis já deve obter o título de cidadão brasileiro honorário, devido ao movimento iniciado por André Figueiredo (PDT-CE) no início de junho, aprovado pela Câmara dos Deputados.

O atleta já demonstrou diversas vezes o carinho que tem com o país e com o circuito da etapa de Interlagos, São Paulo, carregando a bandeira brasileira para os pódios, usando um capacete com o design da bandeira do país e falando do seu ídolo Ayrton Senna.

"A relevância de Lewis Hamilton no esporte e seus recordes de vitórias nas pistas transcendem o automobilismo. A história de luta do piloto britânico pode inspirar a juventude de São Paulo, em especial a juventude negra, no sentido de trabalhar duro e perseguir seus sonhos. De origem humilde, Hamilton superou inúmeras dificuldades numa modalidade esportiva elitizada e que infelizmente ainda convive com casos de preconceito para se tornar um dos maiores campeões da história", explicou o vereador Rubinho Nunes em para o jornal Estadão.

Ainda em texto enviado para o veículo de comunicação, Nunes enfatiza o apreço que ele e alguns companheiros de bancada do parlamento, possuem com as origens do piloto mais vencedor da Fórmula 1. 

"É sabido que o piloto, para além de suas conquistas, vem de origem humilde, construindo sua carreira nas categorias de acesso à F-1 com esforço descomunal. Lewis é negro - o primeiro a vencer em um esporte profundamente elitizado, geralmente restrito a jovens ricos de países desenvolvidos. Além de superar tais barreiras e obter sucesso no esporte, destacou-se nos últimos anos como promotor de um aguerrido combate ao racismo, e colocou em pauta, no esporte, a temática da inclusão de negros no automobilismo", completou no escrito.

Combate às falas de Piquet

Após uma entrevista feita por Piquet em novembro de 2021 viralizar pelo momento em que ele chama o piloto da Mercedes-AMG de “neguinho”, Hamilton se manifestou sobre o episódio através de sua conta oficial no Twitter: 'Vamos focar em mudar a mentalidade', escreveu ele inicialmente.

Em seguida, ele destacou que esse tipo 'mentalidade arcaica precisa mudar'. 

"É mais do que linguagem. Essas mentalidades arcaicas precisam mudar e não têm lugar no nosso esporte. Fui cercado por essas atitudes e alvo de minha vida toda. Houve muito tempo para aprender. Chegou a hora da ação", enfatizou Hamilton em publicação nas redes sociais.