Notícias » Família Real Britânica

Harry afirma que saiu do Reino Unido com objetivo de ‘quebrar ciclo’ de ‘dor e sofrimento’

Em entrevista, o príncipe explica os motivos pelos quais ele e sua esposa, Meghan Markle, se mudaram para os EUA. Entenda!

Penélope Coelho Publicado em 14/05/2021, às 07h29

Harry durante o Global Citizem Vax Live
Harry durante o Global Citizem Vax Live - Getty Images

De acordo com informações publicadas na última quinta-feira, 13, pela Folha de São Paulo, em recente entrevista para o podcast Armchair Expert, de Dax Shepard, o príncipe Harry falou sobre os motivos pelos quais deixou o Reino Unido e se mudou para os EUA com sua esposa, Meghan Markle, e com o até então único filho do casal, Archie.

Na conversa, Harry justificou a mudança dizendo que não queria criar os filhos da maneira que foi criado:

“Quando se trata da criação dos filhos, se eu experimentei qualquer tipo de dor ou sofrimento devido à dor e sofrimento que talvez meu pai ou meus pais tenham sofrido, vou me certificar de quebrar esse ciclo”, pontuou o filho de Charles e Diana.

O príncipe continuou: "Há muita dor e sofrimento genéticos que são transmitidos de qualquer maneira. E, como pais, devemos fazer o nosso melhor para tentar dizer: 'Quer saber? Isso aconteceu comigo, vou garantir que não aconteça com você'".

Na ocasião, Harry falou sobre as dificuldades que seu pai, o príncipe de Gales, enfrentou por ter sido criado como um membro da realeza britânica, Harry afirmou que não queria o mesmo para os próprios filhos:

“Isso significa que ele [Charles] me tratou como eles o trataram. 'Como posso mudar isso para meus filhos próprios?' Bem, aqui estou eu’ [...] "Me mudei com toda a minha família para os Estados Unidos", finalizou.

Atualmente, Harry e Meghan moram na Califórnia, Estados Unidos. Em entrevista realizada em março, Markle revelou que está grávida e espera uma menina.