Notícias » Família real britânica

Harry e Meghan receberam ajuda financeira ao deixar família real, diz Clarence House

Porta-voz de Charles rebateu afirmação do Duque de Sussex de que ele teria sobrevivido apenas com fortuna deixada por Diana após sair da família real britânica

Alana Sousa Publicado em 26/06/2021, às 10h45

O casal Harry e Meghan Markle
O casal Harry e Meghan Markle - Getty Images

Um comunicado emitido por um porta-voz da Clarence House, responsável por representar o príncipe Charles e sua esposa Camila Parker, desmentiu a afirmação de Harry em entrevista à Oprah Winfrey, em que o Duque de Sussex disse ter sobrevivido apenas com o dinheiro que a princesaDiana havia lhe deixado, após sair da família real britânica, em 2020.

Na conversa polêmica com Oprah, Harry tinha alegado que a fortuna de Lady Di era “dinheiro suficiente para obter segurança e manter minha família segura”. No entanto, o novo comunicado traz uma nova perspectiva para a saída do neto de Elizabeth II da monarquia.

“Como todos nós lembraremos, em janeiro de 2020, quando o duque e a duquesa' [Harry e Meghan] anunciaram que iriam se afastar dos trabalhos da família real, o duque disse que trabalhariam para se tornarem financeiramente independentes. O Príncipe de Gales alocou uma quantia substancial para apoiá-los nessa transição. Esse financiamento cessou no verão do ano passado. O casal agora é financeiramente independente”, falou o porta-voz.

Segundo informações de documentos referentes ao pagamento da monarquia, Charles destinou mais de 30 milhões de reais a William, Harry e suas famílias.

Sobre Meghan Markle

Nascida em 4 de agosto de 1981, nos Estados Unidos, Rachel Meghan Markle ganhou fama após atuar na série norte-americana Suits (2011 -2017) no papel de Rachel Zane.

No ano de 2017, Markle anunciou o noivado com o príncipe Harry, deixando de lado sua carreira de atriz para se tornar um membro da família real. Após o casamento em 2018, a mulher se tornou duquesa de Sussex. O casal teve um filho, Archie Mountbatten-Windsor, em 6 de maio de 2019.

No início de 2020, Harry e Meghan anunciaram a decisão de deixar os cargos na família real a fim de se tornarem independentes. Atualmente, moram nos Estados Unidos.