Notícias » Família Real Britânica

Harry teria pedido permissão para batizar filha com o apelido da monarca

Segundo o Page Six, fontes próximas revelaram que Elizabeth II foi avisada da decisão

Penélope Coelho Publicado em 08/06/2021, às 09h43

Meghan, Harry e Elizabeth durante evento em 2018
Meghan, Harry e Elizabeth durante evento em 2018 - Getty Images

De acordo com informações publicadas na última segunda-feira, 7, pela revista Vanity Fair, fontes próximas à Família Real britânica revelaram ao site Page Six, que o príncipe Harry pediu autorização da rainha Elizabeth II para chamar sua filha com Meghan Markle pelo apelido da monarca.

Lilibet Diana nasceu na última sexta-feira, 4, nos Estados Unidos, e foi batizada em homenagem à bisavó, Elizabeth II, e a avó, Diana Spencer.  De acordo com a publicação, fontes confirmaram que "Harryabsolutamente buscou permissão" e "ligou para a rainha Elizabeth II antes da esposa dele, Meghan Markle, dar à luz”.

Segundo a biógrafa especialista na realeza, Sally Bedell Smith, “pedir permissão à rainha para o nome estaria de acordo com a tradição real”. Sabe-se que monarca recebeu o apelido de Lilibet ainda na infância, seu marido, príncipe Philip — que faleceu em abril, aos 99 anos —, costumava chamar a rainha pelo codinome carinhoso.

No último domingo, 6, a conta oficial da Família Real fez uma publicação para parabenizar Harry e Meghan pelo nascimento da filha. O post revelou que a rainha está “maravilhada” com a notícia da chegada da bisneta, que é a 8° pessoa na linha de sucessão ao trono britânico.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por The Royal Family (@theroyalfamily)


Sobre Elizabeth II

A Rainha Elizabeth IIé uma das figuras mais icônicas da atualidade — e da História. Com quase uma centena de anos, aos 94 anos, ela é a monarca que está ocupando a mais tempo o trono do Reino Unido e de mais 15 estados independentes.

Quando a Segunda Guerra Mundial se iniciou, Elizabeth tinha apenas 13 anos de idade. Já nos estágios finais do conflito, a futura rainha, na época com 19 anos, decidiu atuar no serviço militar britânico, como motorista e mecânica.

14 primeiros-ministros já acompanharam a monarca no poder da Grã-Bretanha ao longo de sua extensa vida. Com quase um século de vida, Lilibeth já presenciou diversos momentos históricos marcantes como a Segunda Guerra Mundial e a Corrida Espacial.