Notícias » Tailândia

Herdeiro da companhia Red Bull está na mira da Interpol

Vorayuth Yoovidhay é acusado de ter matado um policial em 2012

Redação Publicado em 05/10/2020, às 08h31

Vorayuth Yoovidhay
Vorayuth Yoovidhay - Divulgação

Vorayuth Yoovidhay, herdeiro da companhia Red Bull, está na mira da Interpol, que emitiu um alerta vermelho para sua detenção imediata.

A decisão ocorreu após o herdeiro ter sido acusado de matar um policial em 2012. Segundo autoridades da Tailândia, ao atropelar o oficial com uma Ferrari, Yoovidhay arrastou o homem em 200 metros e fugiu.

Diante da onda de protestos que tomaram o país - após acusações contra o herdeiro terem sido removidas -, uma investigação foi realizada em agosto, resultando numa ordem de prisão contra Vorayuth. A justificativa foi "direção imprudente que provocou uma morte" e uso de cocaína.

Como consequência, foi confirmado que autoridades que englobam a Interpol em 194 países podem prender o herdeiro do império Red Bull.