Notícias » Espanha

Artes rupestres de 15 mil anos são encontrados na Catalunha

As obras foram encontradas dentro da caverna Font Major após uma trágica inundação

Daniela Bazi Publicado em 14/02/2020, às 08h00

Arte rupestre nas paredes da caverna Font Major
Arte rupestre nas paredes da caverna Font Major - Generalitat de Catalunya

Na Catalunha, arqueólogos conseguiram encontrar mais de 100 exemplares de artes rupestres com mais de 15 mil anos, localizadas nas paredes de uma caverna denominada de Font Major. Os pesquisadores liderados pelo professor da Universidade Rovira i Virgili, Joseph María Vergès, acreditam que o local possa ter sido utilizado como um santuário religioso.

As artes foram encontradas após os cientistas retomarem a pesquisa que faziam em algumas cavernas em 2019, e acabaram sendo inundadas. Além dos exemplares que representam a arte abstrata, também foram encontradas 40 imagens de animais como cavalos, veados e bois.

Imagem de um cavalo encontrada na caverna / Crédito: IPHES

 

Joseph afirma que "fizemos uma descoberta extraordinária e inesperada". Segundo as análises feitas, essas são algumas das mais antigas artes já encontradas e algumas podem ser muito mais velhas do que imaginado, pertencendo ao período neolítico anterior.

Segundo Vergès "O santuário pode ter sido ainda maior, mas que algumas das gravuras foram de fato apagadas pela atividade humana". Antigamente, a caverna fazia parte de uma trilha, onde muitas pessoas acabaram tocando e depredando muitas das obras.

De acordo com os arqueólogos, “As gravuras podem ser facilmente danificadas ou destruídas com o mínimo de contato". Devido a esse fato, o local está fechado para visitação e dificilmente voltará a ser aberto ao público.

Entretanto, como uma forma de mudar essa regra, especialistas do IPHES e do Ministério regional da Cultura da Catalunha estão trabalhando para que consigam digitalizar todas as imagens em 3D e, futuramente, disponibilizem para que todos possam ter acesso. O governo catalão confirmou que o local passará a ser protegido por lei e será declarado como patrimônio cultural.