Notícias » Turquia

Avião faz pouso forçado e se parte em três em Istambul

O Boeing 737-86J estava aterrissando na capital turca quando derrapou e saiu da pista, o que resultou na sua fragmentação e posterior explosão; uma pessoa morreu, e 157 ficaram feridas.

Isabela Barreiros Publicado em 05/02/2020, às 17h50

Os destroços do Boeing 737-86J
Os destroços do Boeing 737-86J - Getty Images

Um avião da companhia aérea Pegasus se partiu em três ao tentar aterrissar no Aeroporto Aeroporto Sabiha Gökçen, em Istambul, na Turquia. A aeronave fez um pouso de emergência e derrapou na pista, o que fez com que ela saísse da área de pouso e se fragmentasse. De acordo com o ministro dos Transportes do país,apenas uma pessoa morreu no acidente, e outras 157 ficaram feridas. 

Segundo a transmissão do canal CNN-Türk, uma forte chuva caía em Istambul quando o Boeing 737-86J tentou pousar. Cahit Turan, ministro turco dos Transportes, afirmou que ele fez um “pouso forçado”, mas não explicou a fundo as circunstâncias que levaram a tal medida.

Quando o avião iniciou o procedimento de pouso, ele escorregou da pista e bateu no chão, partindo-se em três. Depois da queda, ele também pegou fogo, mas as equipes de resgate prontamente apagaram as chamas que tentavam se alastrar no local.