Notícias » Egito

Exposição inédita sobre o Egito exibirá 140 itens, incluindo uma múmia, em São Paulo

A mostra trará importantes artefatos de civilização que viveu no Egito em 700 a.C

Victória Gearini Publicado em 26/09/2019, às 17h24

None
- Reprodução

A exposição Egito Antigo: Do Cotidiano À Eternidade chegará ao Brasil em 2020. A mostra organizada pelo Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), contará com 140 itens relacionados à civilização egípcia, incluindo uma múmia humana. As peças inéditas no país serão exibidas na unidade carioca e paulistana do CCBB e virão direto do Museu Egípcio de Turim, localizado na Itália.

O curador da exposição, Pieter Tjabbes conta que a múmia que será exibida ao público pertencia a 25ª dinastia, mais conhecida como Dinastia Núbia ou Faraós Negros. Trata-se do corpo de uma senhora chamada Tararo que viveu no ano de 700 a.C. Essa civilização é provinda da Núbia, área que atualmente corresponde ao Sudão.

Dinastia Núbia / Crédito: Reprodução

 

Tjabbes revela ainda que o corpo será acompanhado por hieróglifos e pinturas. “Eram espécies de fórmulas mágicas, que davam orientações para alma encontrar o corpo mumificado. Um modo lúdico de proteção do espírito contra os perigos da passagem da vida para morte”, explica o especialista.

A mostra contará ainda com a estátua de uma deusa da guerra chamada Sekhmet. A divindade possui a cabeça de uma leoa, pesa cerca de 500 quilogramas e foi esculpida toda em granito, com mais de 2 metros.

Hieróglifos de Sekhmet / Crédito: Reprodução

 

Tjabbes conta que a exposição trará projeções inéditas em 3D dos principais monumentos do Egito. “O legal vai ser ver todas essas construções com as suas cores originais”, disse.