Notícias » União Soviética

Sala de controle de Chernobyl, que abriga altos picos de radiação, é aberta para turistas

Com radiação que supera em 40 mil vezes o nível seguro, o local foi cenário da explosão do reator nuclear em 1986

Isabela Barreiros Publicado em 01/10/2019, às 14h11

None
Reprodução / 1+1 Ukraine

Turistas estão visitando a sala de controle de Chernobyl, que fica na unidade quatro da Usina Nuclear Chernobyl, Ucrânia. O desolador local é aberto para visitação desde o ano de 2002, mas foi com o lançamento da série “Chernobyl”, da HBO, que a região no norte da Ucrânia começou a receber um alto número de visitantes.

A sala, onde o reator nuclear explodiu e causou o desastre, tem radiação 40 mil vezes a mais que o normal. Para entrar no local, as pessoas receberão máscaras faciais, roupas antirradiação e botas industriais para poder permanecer seguros durante o tour.

Ainda para sua segurança, é permitido que os turistas fiquem apenas cinco minutos na área. Por isso, é importante que eles sempre sigam as regras instruídas pelas autoridades.

“A série da HBO aumentou o interesse em Chernobyl. Todo mundo agora quer ver mais e vamos satisfazer a demanda”, comentou Vitaly Petruk, chefe da agência estatal da região. A minissérie “Chernobyl” foi ao ar no canal HBO em maio e junho deste ano.

A Agência Estatal da Ucrânia sobre Gerenciamento de Zona de Exclusão, vendo como o interesse dos visitantes na região está aumentando, começou a arquitetar 21 novas rotas turísticas em Chernobyl.