Notícias » Portugal

Homem arranca cabeça de pombo após ave ‘atacar’ batata frita do filho

De acordo com autoridades de Lisboa, Portugal — onde o caso aconteceu — é possível que o sujeito seja processado por expor crianças à violência

Penélope Coelho Publicado em 06/07/2021, às 07h11

Imagem ilustrativa de batata frita
Imagem ilustrativa de batata frita - Divulgação/Pixabay/Pexels

De acordo com informações publicadas na última segunda-feira, 5, pelo UOL, recentemente, um caso chamou a atenção em Lisboa, Portugal. No último dia 22, um homem se descontrolou e agrediu pombos após as aves ‘atacarem’ a batata frita de seu filho.

Na ocasião, o sujeito teria dado soco nos pombos e arrancado a cabeça de um deles, tudo isso na frente da criança de três anos. Segundo revelado na publicação, o caso aconteceu em uma praça em uma unidade do fast-food McDonald’s. Na ocasião, vários outros menores de idade também estavam no local, acompanhados pelos responsáveis.

O caso veio à tona após uma das testemunhas relatar o ocorrido em seu Facebook. Em sua rede social, a mulher afirmou que chamou a polícia — ela estava acompanhada da filha de 12 anos na ocasião.

De acordo com a publicação, após os atos do sujeito, o local ficou repleto de sangue da ave, que se espalhou pelo chão e pelas mesas do restaurante.

Em entrevista ao jornal português Publico, uma das dirigentes do projeto Animais de Lisboa, Marisa dos Reis, falou sobre o caso. De acordo com a especialista é muito difícil que o homem seja processado pela agressão ao pombo, já que essa ave não é um animal doméstico.

Contudo, segundo Marisa, ele pode ser processado por cometer violência na frente de menores de idade, expondo crianças a essa situação.