Notícias » Bizarro

Homem bate recorde ao assistir 'Homem-Aranha' 292 vezes no cinema

Ramiro não pode sequer tirar os olhos da telona ou ir ao banheiro durante os filmes — até mesmo nos créditos

Wallacy Ferrari Publicado em 18/04/2022, às 15h24

Ramiro e Tom Holland em foto do filme
Ramiro e Tom Holland em foto do filme - Divulgação / Redes sociais

Um homem da Flórida, EUA, recuperou um curioso recorde quantitativo reconhecido no livro Guinness World Record; Ramiro Alanis já assistiu o filme ‘Homem-Aranha: Sem Volta para Casa’, lançado no final de 2021, por 292 vezes.

As execuções ocorreram desde a estreia no cinema, em 16 de dezembro do ano passado, até o dia 15 de março de 2022, totalizando mais de 720 horas assistindo o herói. Em uma das ocasiões, chegou a se encontrar com o próprio interprete do ‘amigão da vizinhança’, Tom Holland.

O período em horas representaria 30 dias consecutivos, ou seja, um mês completo, assistindo a obra initerruptamente. Além disso, a maior parte das execuções ocorreu em cinemas norte-americanos, desembolsando mais de US$ 3,4 mil (aproximadamente R$ 16 mil na cotação atual) apenas em ingressos.

Ramiro já especializado neste tipo de recorde mundial; em 2019, assistiu 'Vingadores: Ultimato' em 191 ocasiões, sendo classificado como o homem que mais vezes assistiu um mesmo filme no cinema. Contudo, no ano seguinte, Arnaud Klein decidiu bater o recorte e foi a 204 sessões de ‘Kaamelott: The First Chapter’.

Como o recorde foi batido

As visualizações não permitiam que ele fosse ao banheiro durante as exibições, olhasse o celular ou cochilar, o obrigando a assistir o filme inteiro, incluindo os créditos e pós-créditos. Como averiguação, os ingressos foram recolhidos, catalogados e os vigias do cinema foram consultados para confirmar a atenção do rapaz.

As sagas tiveram um impacto na saúde do rapaz, chegando a perder 7 quilos de músculos e crises de dor de cabeça durante a primeira tentativa de bater o recorde, como informou o portal Monet. De acordo com ele, a iniciativa iniciou para homenagear sua avó, falecida em 2019.