Notícias » Crimes

Homem é acusado de mumificar corpo da mãe no porão para receber aposentadoria

O caso aconteceu na Áustria; entenda!

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Penélope Coelho Publicado em 11/09/2021, às 13h23

Imagem ilustrativa de cena de crime
Imagem ilustrativa de cena de crime - Foto de cottonbro no Pexels

A polícia austríaca descobriu que um homem de 66 anos mumificou improvisadamente o corpo da falecida mãe e manteve, durante um ano, o cadáver no sótão da residência onde ela vivia, na Áustria. O objetivo do homem era continuar recebendo e administrando a aposentadoria da idosa, como revelou o portal UOL.

A falecida tinha 89 anos e sofria de demência, sendo tratada pelo filho antes do óbito por causa natural. Após a morte, o rapaz disfarçou o cheiro da decomposição com curativos e bolsas de gelo no porão, recebendo aproximadamente 50 mil euros (mais de R$ 300 mil) no período.

O suspeito, que não teve a identidade revelada, foi descoberto após um carteiro notar que as correspondências direcionadas à idosa eram sempre recebidas pelo filho, desencadeando em uma investigação na região de Tirol. Ao averiguar a residência, o homem confessou a fraude e omissão do óbito.

Quando encontrada, estava com o corpo coberto de areia de gato para retardar a decomposição. O rapaz justificou que, sem a renda da mãe, não conseguiria custear um funeral e continuar mantendo os custos de sobrevivência na residência.