Notícias » EUA

Homem é espancado por família de companheiro por "torná-lo gay"

A vítima ficou cega devido às agressões; crime ocorreu no estado da Flórida, nos EUA

Redação Publicado em 25/04/2022, às 12h06

Família acusada de ter espancado homem
Família acusada de ter espancado homem - Divulgação / Youtube / WFOR

Em agosto do ano passado, um homem morador do estado da Flórida foi espancado pelos familiares do seu namorado, que o acusaram de tê-lo tornado homossexual.

Segundo documentos revelados na última semana pelo jornal The Washington Post, a vítima ficou cega após as agressões.

Yevhen, 43, e Inna, 44, Makarenko e seus filhos Vladyslav, 25, e o próprio namorado da vítima, Oleh, 21, teriam prendido o rapaz, que não teve a identidade revelada, no apartamento da família em Pompano Beach e o agredido

Conforme informações do UOL, a vítima afirmou em depoimento que mantinha um relacionamento com Oleh havia nove meses e que foi espancado após os familiares do companheiro descobrirem o namoro dos dois.

"Ele [a vítima] declarou que a razão para o ataque foi por ele ser homossexual, namorar Oleh e a família achar que ele fez Oleh 'virar' homossexual", afirma um documento da promotoria da Flórida.

Família foi indiciada

De acordo com o The Washington Post, os quatro membros da família foram indiciados por tentativa de homicídio em primeiro grau, roubo e sequestro.

Além disso, a Justiça considerou a agressão como "crime de ódio". Isso significa que, caso condenada, a família poderá ser condenada à prisão perpétua.