Notícias » Bizarro

Homem é preso após arrastar crânios humanos nas ruas de Belo Horizonte

O rapaz decidiu amarrar cordas e passear pela capital mineira — sendo comparado com cenas de filmes de terror

Wallacy Ferrari Publicado em 12/09/2020, às 11h36

Os crânios coletados pela polícia
Os crânios coletados pela polícia - Divulgação / Twitter

Uma cena bizarra foi presenciada por diversos cidadãos do bairro da Saudade, em Belo Horizonte, na última quarta-feira, 9; um homem de 43 anos — cuja a identidade não foi revelada pelas autoridades — foi visto passeando pelas ruas da capital mineira com quatro crânios humanos durante a manhã, os puxando por uma corda como se fossem cachorros.

Amparados em uma corda de varal azul, o rapaz foi denunciado por diversos moradores que, assustados, viram o homem caminhar calmamente em plena luz do dia com os restos mortais. Detido pela Polícia Militar, o homem afirmou que roubou os crânios do Cemitério as Saudade durante a madrugada.

Consultados pelos militares, funcionários do cemitério confirmaram a ausência dos cadáveres e afirmaram ter visto o homem pulando o muro do local, mas não interromperam a ação. De acordo com o Diário Online, uma moradora alega que o homem já havia realizado outros ataques relacionados a cadáveres anteriormente.

De acordo com a mulher, que não quis se identificar, o homem chegou a depositar um bebê morto em frente a uma das casas do bairro. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito já havia sido preso em 2014 e 2018, mas não revelou quais foram os crimes cometidos. O homem foi preso em flagrante e está à disposição da justiça.