Notícias » Crimes

Homem procura polícia para confessar que envenenou cerveja da esposa

Segundo as autoridades, eles são casados há 19 anos e juntos tiveram dois filhos

Fabio Previdelli Publicado em 20/04/2021, às 11h06

Imagem ilustrativa de cerveja
Imagem ilustrativa de cerveja - Pixabay

Na noite de ontem, 19, um homem de 42 anos procurou a Polícia Civil em Mateus Leme, em Minas Gerais, para confessar que tentou matar a própria esposa, com quem é casado há 19 anos. As informações são do UOL. 

Segundo relatou, o indivíduo misturou dietilenoglicol em uma cerveja — a substância é a mesma responsável pela morte de 10 pessoas no caso da cervejaria Backer, que ocorreu em 2019. O homem informou que ele comprou o produto em uma empresa que faz intermediações de vendas pela internet. Ele teria pagado cerca de 35 reais.  

Agora, segundo a Policia Civil, ele ficará preso por tentativa de feminicídio e poderá cumprir entre 12 e 30 anos de prisão. Além disso, a loja que vendeu o produto também será investigada para saber se a transação ocorreu ilegalmente. 

De acordo com a delegada Ligia Mantovani, que acompanha o caso, o suspeito procurou as autoridades para informar que havia utilizado o veneno em sua esposa e ainda mostrou uma nota fiscal da compra do produto.  

A alegação para a motivação do ato é que os dois teriam problemas conjugais. “Ele alega que o motivo do envenenamento era briga conjugais e traições que teriam acontecido no passado, além de problemas financeiros", explica a delegada.  

Ainda segundo Ligia, a compra foi feita em fevereiro, mas o produto só foi usado em 11 de abril.  Dois dias depois, a vítima procurou um hospital em Belo Horizonte, onde permanece até hoje internada em estado grave na UTI.  

Os nomes dos envolvidos no caso e do centro médico não foram revelados. Sabe-se que o casal tem dois filhos menores de idade.