Notícias » Crime

Homem que matou idosos no ES disse ter 'sentido prazer'

O assassino confessou o crime à polícia e declarou ter sentido prazer em matar os dois homens

Giovanna Gomes, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 28/04/2021, às 09h41

O criminoso foi identificado como Rafael dias
O criminoso foi identificado como Rafael dias - Divulgação/ESTV 1ª Edição

Um homem em cadeira de rodas matou dois idosos a marretadas dentro de uma casa para dependentes químicos, na cidade de Vila Velha, no Espírito Santo. Conforme o UOL, o criminoso é Rafael Dias que confessou ter golpeado as vítimas na cabeça e, em seguida, se deitado ao lado dos corpos.

O autor do crime, que tem 32 anos, se tratava na instituição havia dois meses. Ele declarou ter acordado os idosos antes de assassiná-los. Entretanto, em entrevista concedida à Globo, o Perito Chamoun afirmou que "não existem evidências técnicas sobre isso, que os idosos ficaram de pé, que acordaram. Eles estavam deitados na cama. Os golpes foram dados enquanto eles estavam sobre a cama."

Conforme um comunicado da Polícia Civil, o Rafael afirmou ter "sentido prazer" ao matar as vítimas. Logo em seguida, o homem foi autuado em flagrante, por homicídio qualificado por motivo fútil e dificuldade de defesa das vítimas.

O criminoso foi levado à Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha e, de onde deve ser encaminhado ao Centro de Triagem de Viana. Lá, ele passará por uma audiência de custódia.

Os corpos das vítimas, identificadas como Almir Ribeiro de Sena e Odorico de Almeida Neves, de 62 e 79 anos, foram encaminhados para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, onde passarão por exames.