Notícias » Curiosidades

Homem que morreu aos 127 anos pode quebrar recorde de pessoa mais velha do mundo

Os familiares de Natabay Tinsiew tentam que o africano entre para o Guinness

Penélope Coelho Publicado em 01/10/2021, às 11h38

Fotografia de Natabay Tinsiew
Fotografia de Natabay Tinsiew - Divulgação/Zere Natabay/BBC

De acordo com uma reportagem da BBC, faleceu no último domingo, 26, Natabay Tinsiew, um homem que teria 127 anos de idade. O caso aconteceu em Eritreia, país localizado na África Oriental.

A família informou que Tinsiew morreu pacificamente, no vilarejo de Azefa, onde morava. Segundo revelado por familiares, a certidão consta que seu nascimento ocorreu em 1894.

Agora, os parentes do falecido não poupam esforços para que o idoso seja lembrado eternamente e entre para o livro dos recordes mundiais da Guinness, como a pessoa mais velha que já viveu até hoje.

Em entrevista à BBC, o neto de Natabay afirmou que os segredos para o avô ter vivido por tantos anos foram "paciência, generosidade e uma vida contente”.

O caso já foi encaminhado para o Guinness World Records e está sendo avaliado, se for comprovado, o africano deve tomar o lugar do atual recordista, Jeanne Calment, que morreu em 1997 com 122 anos.