Notícias » Afeganistão

Homem relata o que presenciou nas explosões em Cabul: ‘Ela tinha cinco anos e morreu em minhas mãos’

Os ataques aconteceram nos arredores do aeroporto da capital do Afeganistão

Penélope Coelho Publicado em 27/08/2021, às 07h22

Explosão em Cabul
Explosão em Cabul - Divulgação/Youtube/Poder 360

De acordo com informações publicadas na última quinta-feira, 26, pelo UOL, após duas explosões que ocorreram nas proximidades do aeroporto de Cabul, capital do Afeganistão, um intérprete afegão que atua no Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos, relatou os momentos tristes e desesperadores que presenciou.

Em entrevista para a Fox News, o homem identificado como Carl revelou que uma menina de apenas cinco anos de idade morreu em seus braços, em decorrência das explosões.

"Muitas pessoas se machucaram [...] E eu peguei uma menina, ela tinha cinco anos, e morreu em minhas mãos” contou o tradutor.

Sabe-se que o ataque teve autoria reivindicada pelo Estado Islâmico, de acordo com as últimas informações, as explosões deixaram pelo menos 72 vítimas fatais e mais de 100 pessoas feridas.

Muitos afegãos ainda se reúnem nas proximidades do aeroporto da capital, na desesperada tentativa de sair do país, o que pode acontecer até o dia 31 de agosto. O país vive momentos de caos após o grupo extremista Talibã dominar o poder no local, depois de 20 anos.

Nações como Estados Unidos, Reino Unido e Austrália já manifestaram temor relacionado à possibilidade de um atentado ainda mais sério no local. A recomendação desses países é para que as pessoas saiam da região aeroportuária para evitar mais mortes.