Notícias » Austrália

Homem se declara culpado de sequestrar menina de quatro anos na Austrália

Cleo Smith acampava com a família em outubro de 2021 quando desapareceu e foi resgatada após 18 dias de buscas

Isabela Barreiros Publicado em 24/01/2022, às 11h38

Cleo Smith, menina de 4 anos que desapareceu na Austrália
Cleo Smith, menina de 4 anos que desapareceu na Austrália - Divulgação/POLÍCIA WA

Em um tribunal australiano, um homem se declarou culpado pelo sequestro da menina de quatro anos Cleo Smith, cujo desaparecimento em outubro do ano passado causou uma busca generalizada e preocupação mundial.

Terence Darrell Kelly, de 36 anos, admitiu que tirou a garota de uma barraca no acampamento de Blowholes no ano passado. A criança estava acampando com a família na região quando desapareceu por 18 dias.

Além de se declarar culpado por levar à força uma criança menor de 16 anos, o homem também enfrenta outras acusações criminais, incluindo agressão a um funcionário público, como relatou o jornal britânico The Guardian.

Kelly está sob custódia e deverá ter essas questões debatidas em um tribunal em uma data posterior. Segundo a polícia, ele agiu sozinho no sequestro e não tem conexão com a família de Smith.

Depois de 18 dias intensos de buscas, a menina foi encontrada sozinha em uma casa em Carnarvon, perto de onde desapareceu, em 3 de novembro do ano passado. Ela não apresentava ferimentos e estava ao lado de brinquedos.