Notícias » Coronavírus

Homem usa drone para passear com o cachorro durante a quarentena, no Chipre

Em vídeo postado no Instagram, o pequeno lulu da pomerânia viralizou ao ser guiado pelo aparelho. Confira!

Wallacy Ferrari Publicado em 24/03/2020, às 11h03

O cachorrinho sendo conduzido pelas ruas do Chipre (à dir.) e seu dono na varanda (à esq.)
O cachorrinho sendo conduzido pelas ruas do Chipre (à dir.) e seu dono na varanda (à esq.) - Divulgação

Enquanto o mundo paralisa as atividades comerciais e sociais para evitar uma maior propagação do COVID-19, Vakis Demetriou teve uma ideia cômica durante a quarentena. Com a legenda relatando "Quinto dia de quarentena", postou um vídeo que leva seu cachorro para passear nas ruas do Chipre sendo guiado por um drone remotamente.

O lulu da pomerânia se chama Oliver e teve sua coleira presa ao aparelho, que é controlado da varanda do apartamento de Vakis. O vídeo foi gravado por um amigo de Vakis e tem a descrição na tela: "Se mantenha em casa com segurança, mas não esqueça da felicidade de seu cachorrinho". A autonomia de voo do aparelho aguenta 10 minutos de passeio.

 

O vídeo, divulgado em suas redes sociais, tem 19 segundos e mostra o pequeno cachorro sozinho na rua em frente ao apartamento, circulando apenas no quarteirão, visto que o drone não tem um longo alcance do controle, e foi amplamente compartilhado nas redes sociais pelo mundo.

Apesar da brincadeira, a prática não é recomendada, visto que um drone comercial de baixo custo, mais utilizado em usos domésticos e recreativos, não suportam o peso necessário para conduzir o animal, mesmo sendo leve, podendo o fazer escapar em direção de alguma distração. O mesmo se aplica aos drones mais poderosos, de uso profissional, que podem levantar, arrastar ou até mesmo ferir o cachorro.