Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

Iate apreendido de bilionário russo vai à leilão

O valor da venda irá para um banco dos Estados Unidos, entenda!

Redação Publicado em 28/06/2022, às 15h56

Fotografia do iate de Dmitry Pumpyansky - Divulgação/ Super Yacht Times
Fotografia do iate de Dmitry Pumpyansky - Divulgação/ Super Yacht Times

Após a invasão da Ucrânia pela Rússia, diversos países impuseram sanções econômicas à nação chefiada por Vladimir Putin, congelando, por exemplo, os bens e ativos bancários de membros do governo e da elite russa. 

Um desses foiDmitry Pumpyansky, um bilionário que fez sua fortuna na indústria dos oleodutos, e sofreu a apreensão de um iate avaliado em nada menos que 75 milhões de dólares, ou o equivalente a mais de 390 milhões de reais. 

Agora, uma decisão judicial do Supremo Tribunal de Gibraltar, território britânico ultramarino onde a embarcação de luxo foi confiscada, permitiu que a antiga propriedade do oligarca russo seja leiloada na Europa, conforme informações do portal Business Insider. 

Pagamento involuntário

O valor arrecadado pela venda será enviada para o banco estadunidense JPMorgan, que fez um empréstimo de 22 milhões de dólares (equivalente a aproximadamente 114,5 milhões de reais) no fim de 2021 para uma empresa do qual empresário é acionista. 

O congelamento dos ativos de Pumpyansky, por sua vez, pode dificultar seu pagamento da dívida que criou com a instituição financeira, de forma que a quantia conseguida pelo iate será mantida como garantia. Para a JPMorgan, seu acordo com o ricaço foi descumprido quando ele foi alvo de sanções, ainda de acordo com o Business Insider.