Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

A Idosa que passou 7 dias perdida em floresta da Tailândia

A mulher estava de férias no país com sua família quando o pior aconteceu

Ingredi Brunato, sob supervisão de Wallacy Ferrari Publicado em 16/05/2022, às 16h07 - Atualizado em 22/05/2022, às 07h00

Fotografia da idosa sendo resgatada - Divulgação / Redes Sociais
Fotografia da idosa sendo resgatada - Divulgação / Redes Sociais

Em meio às árvores do Parque Nacional Sirinat, localizado na Tailândia, uma turista idosa que ficara perdida durante uma semana foi encontrada nesta segunda-feira, 16.

Barbara Elisabeth Monika Glag Lange, uma mulher alemã de 76 anos, saiu da pousada em que estava hospedada para uma caminhada na manhã do último dia 9 de maio, contudo, quando não voltou, gerou uma verdadeira operação de busca, segundo informações do portal Bangkok Post. 

Foram mobilizadas diversas equipes que incluíram autoridades locais, voluntários e até mesmo membros da Marinha tailandesa. Quem finalmente descobriu a localização da senhora perdida, todavia, foi um menino que vivia na região.

Jornada involuntária

Lange foi encontrada deitada próxima de um riacho, do qual teria bebido para manter-se hidratada, de acordo com as estimativas dos policiais. Isso pois a idosa não levou comidas ou bebidas consigo, e, durante seus dias vagando a esmo, as temperaturas alcançaram nada menos que 35°C. 

Outro detalhe é que a senhora alemã, que foi à Tailândia para uma viagem de férias com sua família, já havia desaparecido anteriormente no dia 5 de maio. Nesta ocasião, porém, as autoridades conseguiram trazê-la de volta no mesmo dia. Existe a suspeita de que Lange esteja sofrendo de Alzheimer, ainda conforme o Bangkok Post.