Notícias » Mundo

Ilha paradisíaca da Itália irá pagar 3 mil euros para quem se casar

O acontecimento inédito é parte de um programa governamental que tem por objetivo incentivar o turismo nupcial

Ingredi Brunato Publicado em 21/09/2020, às 13h37

Fotografia aérea de ilha de Sicília.
Fotografia aérea de ilha de Sicília. - Divulgação/Pixabay

O governo da ilha de Sicília, na Itália, anunciou que está oferecendo uma recompensa de até 3 mil euros para quem realizar um casamento no local. A razão por trás disso é oferecer um encorajamento à volta do turismo nupcial, que era muito presente na ilha, sendo responsável por mover a economia do local. 

Devido à pandemia do novo coronavírus; e as novas recomendações de isolamento social, ocorreu uma diminuição drástica desse turismo: cerca de 70 mil casamentos foram cancelados em Sicília desde o início do ano. 

Ainda não foram divulgadas as regras do novo programa governamental, contudo, já se sabe que serão separados 3,5 milhões de euros para a proposta, com o objetivo de beneficiar por volta de 1,1 mil casais. 

Segundo o governo de Sicília, esse investimento pode gerar um retorno estimado entre 40 e 50 mil euros, por conta das compras dos turistas recém-casados no comércio local, que oferece diversos serviços e atrações para lua de mel.