Notícias » Arqueologia

Imagem digital de múmia de Amenhotep I é divulgada

Pesquisadores 'desembrulharam' digitalmente a múmia do faraó egípcio; confira!

Redação Publicado em 28/12/2021, às 13h40

Múmia de Amenhotep I
Múmia de Amenhotep I - Creative Commons / Sahar N. Saleem & Zahi Hawass

Uma equipe de pesquisadores 'desembrulhou' digitalmente a múmia do faraó Amenhotep I, que governou o Egito entre 1525 e 1504 a.C. A revelação das características físicas da histórica figura 140 anos após a descoberta de seus restos mortais foi possível graças a uma tomografia computadorizada (TC).

Sahar Saleem, professora de radiologia da Universidade do Cairo afirma que o governante tinha cerca de 35 anos quando morreu.

"Ele tinha aproximadamente 1 metro e 69 cm de altura, era circuncidado e tinha bons dentes. Dentro de seu invólucro, ele usava 30 amuletos e um cinto de ouro exclusivo com contas de ouro", disse ela à PA Media. Saleem é a principal autora do novo estudo, que foi publicado na revista Frontiers in Medicine.
Imagens de Amenhotep I / Crédito: Creative Commons / Sahar N. Saleem & Zahi Hawass

 

"Amenhotep I parece ter se parecido fisicamente com seu pai: ele tinha um queixo estreito, um nariz pequeno e estreito, cabelo encaracolado e dentes superiores ligeiramente protuberantes", disse a radiologista, conforme informações da BBC.

Segundo a profissional, não foram observadas quaisquer feridas que permitissem que os cientistas indicassem a causa da morte do faraó. No entanto, durante o processo, foi possível confirmar uma antiga teoria: 300 anos após o óbito, sacerdotes reembalsamaram Amenhotep, depois que seu túmulo foi supostamente saqueado.

Confira aqui o estudo completo.