Notícias » Arqueologia

Imagem revela que Stonehenge pode ter sido montado como se fosse Lego

De acordo com a English Heritage, a imagem mostra que a estrutura de 3 mil anos tem partes salientes que encaixam em buracos

Vanessa Centamori Publicado em 15/04/2020, às 11h21

Imagem que mostra que Stonehenge pode ter sido montado como se fosse Lego
Imagem que mostra que Stonehenge pode ter sido montado como se fosse Lego - English Heritage/ Divulgação

A English Heritage, organização pública que administra patrimônios históricos no Reino Unido, divulgou uma foto em suas redes sociais que mostra que o Stonehenge pode ter sido montado com uma técnica muito similar a dos atuais blocos de Lego. 

Assim como ocorre com os bloquinhos de brinquedo modernos, é possível notar na imagem que as estruturas milenares possuem pedaços salientes, que teriam sido usados ​​para se conectar com buracos de outras partes. 

A imagem foi tirada do alto, muito provavelmente a partir de um balão de ar quente. Por meio de um Tweet, a English Heritage comentou que a visão aérea da foto é algo raramente visto.

"As partes salientes estão visíveis e a pedra de lintel horizontal correspondente teria buracos de encaixe para as partes se encaixarem. Parece um pouco com um Lego antigo!", escreveu a organização. 

Em resposta bem-humorada, a empresa dinarquesa dos blocos de brinquedo respondeu: "Ah, onde tudo começou <3". Um porta-voz da Lego, por sua vez, disse que a companhia "visa inspirar e desenvolver os construtores de amanhã". "Foi uma surpresa nos ver ligados a construtores pré-históricos", afirmou. "Estamos honrados em ser mencionados pela English Heritage em seu tweet". 

Vale lembrar que o Stonehenge, localizado perto de Amesbury, Wiltshire, foi construído por volta de 3 mil a.C - milhares de anos antes da invenção dos icônicos blocos de Lego. Susan Greaney, historiadora sênior do English Heritage, disse que a fotografia ilustra a habilidade dos construtores há mais de 4 mil anos.

"Uma das grandes questões é por que o Stonehenge foi construído com uma engenharia de precisão", disse ela ao jornal britânico The Guardian. "Pode ser que simplesmente quisessem garantir que durasse muito tempo".