Notícias » Egito Antigo

Egiptólogo indica a existência de pirâmide perdida nas areias de Sacará

Segundo Vasko Dobrev, uma varredura no deserto revelou vestígios de uma estrutura com mais de 40 séculos

André Nogueira Publicado em 28/10/2019, às 11h52

Pirâmide típica da região de Sacará
Pirâmide típica da região de Sacará - Wikimedia Commons

O dr. Vasko Dobrev, que passou as últimas três décadas sondando uma área localizada a apenas 30 quilômetros das Pirâmides de Gizé, anunciou que existem evidências o suficiente para confirmar que existe uma pirâmide oculta nas areias do deserto que ronda a capital Memphis, no Egito. O pesquisador encontrou vestígios da construção e afirmou que uma “nova pirâmide pode estar enterrada sob a areia na área sul de Sacará”.

“Sacará possui a primeira pirâmide e muito mais", disse Dobrev a Tony Robinson, documentarista britânico. Ele também apresentou o planalto onde encontrou traços que o levam a crer na existência da pirâmide que, segundo Dobrev, teria sua base construída para o faraó Userkare, da Sexta Dinastia.

Imagem da verradura / Crédito: Channel 5

 

Após uma varredura local que utilizou tecnologias geofísicas inovadoras, o egiptólogo alegou que existe uma estrutura não identificada embaixo da areia, com ângulos retos – o que indica trabalho humano.

Dobrev forneceu a Robinson uma digitalização da varredura em questão. No entanto, são necessárias mais provas conclusivas para afirmar a natureza da estrutura enterrada.

Dr. Vasko Dobrev / Crédito: YouTube

 

Todavia, serão necessárias escavações na região para confirmar a existência da pirâmide e ainda não existem planos oficiais para a iniciativa.