Notícias » Europa

Importante monumento de pedra da Ucrânia foi deliberadamente destruído em construção

Stulsko é um antigo templo pagão protegido por lei, mas foi assolado sem resistência para a construção de uma estátua de famoso ídolo cristão

André Nogueira Publicado em 05/05/2020, às 06h00 - Atualizado às 07h55

Alteração da paisagem
Alteração da paisagem - Divulgação

Na Ucrânia, um importante monumento arqueológico monolítico conhecido como Stulsko foi deliberadamente destruído, sem intervenção do governo, em um ato de terraplanagem. Segundo o jornal Lviv Opilly, a fortaleza histórica em arenito foi agredida por forças privadas para a construção de um ídolo da Virgem Maria no local.

Stulsko / Crédito: Wikimedia Commons

 

Stulsko é considerado de grande importância histórica e cultural no país, mas passou por obras pouco divulgadas na produção de uma rede de túneis e um aterro plano nas últimas duas semanas, para a fundamentação da estátua. O monumento é tratado como de origem pagã, o que pode ter reforçado o objetivo da ação, mas o local já havia passado por interferências no século 9, quando se tronou uma fortaleza.

Crédito: Divulgação

 

Quando foi reportada a interferência infraestrutural no local, as fundações para o novo monumento cristão em andamento já estavam completas. Segundo o portal polonês Zwiadowca Historii, as “autoridades locais aparentemente não encomendaram esse trabalho, mas não o bloquearam”. Não foi identificado ainda o autor desse crime contra patrimônio tombado.

Crédito: Divulgação

 

O local é protegido por lei, sendo definido como monumento natural. Considerado um possível altar pré-histórico, o Stulsko é conhecido desde o século 14, e localizado pelo arqueólogo Orest Korczyński como remotamente antigo (ligado a comunidades croatas cuja existência no tempo ainda é pouco conhecida). Passando por muitas mãos, entre elas a Polônia e a União Soviética, integrou o território ucraniano com as divisões de fronteira da Comunidade dos Estados Independentes nos anos 1990.