Notícias » Coronavírus

"Incompetência": Trump volta a atacar China ao falar sobre a pandemia de coronavírus

Presidente dos EUA vem acusado corriqueiramente o país asiático de atrapalhar a busca pela solução do problema sanitário, que prejudicou o quadro econômico global

André Nogueira Publicado em 21/05/2020, às 12h32

Donald Trump
Donald Trump - Wikimedia Commons

Donald Trump, atual presidente dos EUA, voltou a atacar a China ao afirmar que a pandemia do novo coronavírus, chamado por ele de “massacre mundial”, foi causado pela “incompetência” do país.

No Twitter, o empresário afirmou que a atual pandemia é resultado da "incompetência da China e não outra coisa que causou esse massacre mundial".

Os EUA sendo o país com o maior número de mortos, de maneira disparada, fez com que o discurso inicial do presidente, que minimizava o conteúdo letal do vírus, passasse do elogia à crítica da condução de Pequim nesse cenário. Trump acusa a OMS de ajudar a China em encobrir a gravidade da crise sanitária.

Xi Jinping / Crédito: Getty Images

 

A China, em contrapartida, acusa o governo dos EUA de mentir sobre a situação, dizendo que o país esqueceu “que seus líderes elogiaram publicamente a China pelo trabalho contra a epidemia", nas palavras de pronunciamento de Zhao Lijian, Ministro de Relações Exteriores do país. "A China está pronta para continuar trabalhando com a comunidade internacional, incluindo Bangladesh, para apoiar a liderança da OMS", reiterou Xi Jinping.