Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Europa

Inglaterra se prepara para anunciar fim das medidas restritivas contra covid-19

Para Boris Johnson, o fim das restrições "marcará um momento de orgulho" para o país

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 21/02/2022, às 14h57

Boris Johnson, o primeiro-ministro do Reino Unido - Getty Images
Boris Johnson, o primeiro-ministro do Reino Unido - Getty Images

Boris Johnson, o primeiro-ministro do Reino Unido, se prepara para anunciar o fim das medidas restritivas contra a covid-19 dentro da Inglaterra nesta segunda-feira, 21. O anúncio, que deve ser feito após uma reunião entre Johnson e sua equipe, valerá apenas para a Inglaterra, e não para a Irlanda do Norte, Escócia e País de Gales.

Johnson disse, de acordo com informações da BBC, que o fim das restrições para combater a pandemia da covid-19 no país "marca um momento de orgulho à medida que começamos a aprender a viver com a Covid".

Boris Johnson teve seus planos criticados por cientistas ingleses e pela oposição dentro do país, mas também afirmou que seu plano levaria a sociedade "a um retorno à normalidade" depois de "um dos períodos mais difíceis da história” do país.

Para o primeiro-ministro do Reino Unido, o sucesso do programa de vacinação contra a covid-19 fez com que a Inglaterra ficasse em uma "forte posição para considerar o fim das restrições legais remanescentes".

O governo do Reino Unido diz que a pandemia ainda "não acabou", e que haverá um plano para que se possa "viver com covid" por meio de uma "abordagem cautelosa", com "alguns sistemas de vigilância e planos de medidas de contingência que podem ser acionados, se necessário, para responder a novas variantes".