Notícias » Personagem

'Injustificável o lançamento indiscriminado de foguetes contra o território israelense', diz Jair Bolsonaro

O presidente usou a conta oficial no Twitter para se manifestar sobre o brutal conflito

Redação Publicado em 12/05/2021, às 22h21 - Atualizado às 23h13

Bolsonaro durante aparição em 2018
Bolsonaro durante aparição em 2018 - Getty Images

A última madrugada, 12, foi marcada por mais um brutal capítulo que compreende o conflito entre israelenses e palestinos. Já são mais de 70 mortos como resultado da série de ataques na Faixa de Gaza, dividindo opiniões nas redes sociais.

Usando sua conta oficial no Twitter, o presidente Jair Messias Bolsonaro declarou que o lançamento de foguetes contra Israel é ‘injustificável’.

"É absolutamente injustificável o lançamento indiscriminado de foguetes contra o território israelense. A ofensiva provocada por militantes que controlam a Faixa de Gaza e a reação israelense já deixaram mortos e feridos de ambos os lados", disse Bolsonaro.

Já em outros Tweets, o mandatário brasileiro lamentou pelas famílias das vítimas e pediu o fim ‘de ataques à Israel’.

Entretanto, vale destacar que o resultado da ação israelense, responsável pelo óbito de 16 crianças e um idoso, não fora enfatizada no posicionamento do presidente.

O conflito

A tensão entre palestinos e israelenses esquentou após um ataque de Israel ao al-Shorouk, edifício localizado em Gaza. Em devolutiva, o Hamas, considerado grupo terrorista por Israel, respondeu ao ato com o lançamento de 130 foguetes a Israel.

“Esse é apenas o começo. Vamos atacá-los como eles nunca imaginaram que seria possível”, afirmou Benjamin Netanyahu, atual primeiro-ministro de Israel, ao confirmar a morte do comandante da brigada de Gaza.

Tor Wennesland, que fora enviado pela ONU ao Oriente Médio, até mesmo mencionou o atual risco do que seria uma ‘guerra em larga escala’, resultando numa catástrofe ainda maior.