Notícias » Índia

Instituto Serum, maior fabricante de vacinas do mundo, pega fogo na Índia

Apesar do incêndio, que matou ao menos 5 pessoas, a produção dos imunizantes contra o Coronavírus não foi interrompida

Pamela Malva Publicado em 21/01/2021, às 11h30 - Atualizado às 11h31

Imagem do Instituto Serum pegando fogo
Imagem do Instituto Serum pegando fogo - Divulgação/Youtube

Na manhã desta quinta-feira, 21, um incêndio atingiu um dos prédios do Instituto Serum, farmacêutica indiana responsável pela produção de diversas vacinas, inclusive as contra o Coronavírus. Segundo o G1, ao menos cinco pessoas morreram na tragédia.

Localizado na cidade de Pune, o laboratório indiano é o maior produtor de vacinas do mundo. Atualmente, ele é responsável pela fabricação de milhares de doses da vacina da AstraZeneca e da Universidade de Oxford contra a Covid-19.

Por sorte, segundo informações do jornal Times of India, a produção dos imunizantes não foi afetada pelo incêndio. Armazenados em outra unidade do complexo, os frascos  já produzidos das vacinas contra o Coronavírus também não foram prejudicados.

Imagem meramente ilustrativa de frascos de vacina / Crédito: Divulgação/Pixabay

 

De acordo com o prefeito da cidade, Murlidhar Mohol, as vítimas provavelmente eram trabalhadores da construção civil. A causa do incêndio, por sua vez, segue um mistério, ainda que Mohol suspeite que um trabalho de soldagem possa ter gerado o fogo.

Durante o período de um ano, o Instituto Serum produz cerca de 1,5 bilhão de doses de vacinas para diversas doenças A fabricação do imunizante para o rotavírus, que acontecia no prédio que pegou fogo, contudo, foi prejudicada. Estima-se que o incêndio tenha causado a perda de até 40% do volume de doses na linha de produção.