Notícias » Afeganistão

Intérprete que ajudou a resgatar Biden em 2008 não consegue sair do Afeganistão

Nos EUA, a Casa Branca respondeu o pedido de socorro

Redação Publicado em 01/09/2021, às 11h36

Joe Biden durante pronunciamento
Joe Biden durante pronunciamento - Getty Images

Com a fuga e evacuação de afegãos e norte-americanos do Afeganistão diante da volta do Talibã ao poder, muitas pessoas acabaram ficando para trás. Uma desses casos se refere ao homem que ajudou a salvar Biden em 2008. O caso foi repercutido pelo Independent. 

Enquanto o atual presidente ainda atuava como senador, acabou ficando preso num vale próximo ao Afeganistão após uma tempestade de neve. Através de um relato divulgado pelo Wall Street Journal, o homem que se identifica apenas como Mohammed pede a ajuda de Joe.

“Olá, Senhor Presidente: Salve a mim e minha família. Não se esqueça de mim aqui”.

13 anos atrás

Ele e a família não foram resgatados através da aeronave dos EUA que saiu do aeroporto internacional de Cabul em agosto. Já o episódio de resgate ocorrido 13 anos atrás se deu no contexto em que ele trabalhava como intérprete no Exército dos EUA.

As tropas ajudaram a resgatar Biden, John Kerry e Chuck Hagel após o helicóptero fazer um pouso forçado diante de uma tempestade de neve. Ao lado dos combatentes norte-americanos, Mohammed auxiliou na retirada e também acabou por enfrentar tiroteios no local.

O pedido dele não passou despercebido pela Casa Branca, que emitiu um comunicado.

“Nossa mensagem para ele é de agradecimento por lutar ao nosso lado nos últimos 20 anos. Obrigado pelo papel que você desempenhou em ajudar várias das minhas pessoas favoritas a sair de uma tempestade de neve e por todo o trabalho que você fez ”, afirmou Jen Psaki, secretária de imprensa.

Jen destacou que os EUA vão tirá-lo do Afeganistão: “Nós vamos tirar você daqui. Honraremos o seu serviço”.