Notícias » Oriente Médio

Inundações no Irã revelam misteriosos esqueletos humanos antigos

As intensas e repentinas tempestades fizeram com que dois corpos emergissem do solo da vila de Qarah Tappeh

Isabela Barreiros Publicado em 10/05/2020, às 09h45

Esqueletos encontrados no Irã
Esqueletos encontrados no Irã - CHTN

Dois esqueletos humanos não identificados puderam ser observados recentemente em uma região próxima à vila de Qarah Tappeh, na província de Golestan, no norte do Irã. Acredita-se que eles remontem aos últimos tempos islâmicos.

Como não havia objetos nos túmulos descobertos, os arqueólogos envolvidos na investigação sugerem que se trata de restos mortais de pessoas que faleceram no período islâmico tardio. Isso está de acordo com o método de enterro utilizado na época.

Os ossos foram revelados por inundações causadas por intensas tempestades de chuva na região. A água fez com que eles emergissem novamente do solo do local que pode ter sido um antigo cemitério no Irã.

 “Nos últimos dias, os restos de dois esqueletos humanos emergiram, o que, de acordo com observações arqueológicas desse departamento, é resultado de vários fatores, incluindo o alargamento da estrada Gorgan-Turkmen nos últimos anos, que nivelou as margens da Agha- Cemitério islâmico imã; as inundações do ano passado na província que causaram volumes gigantescos de água entrando nessa área; e chuvas recentes que causaram maior erosão do solo”, afirmou o relatório sobre o caso.