Notícias » Brasil

Investidor de day trade falece após dívida de R$200 mil

Morador de Natal, no Rio Grande do Norte, Thiago havia investido o dinheiro que recebeu após a rescisão de seu contrato com um banco

Fabio Previdelli Publicado em 14/04/2021, às 12h48

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Pixabay

Com o interesse cada vez maior das pessoas pelo mercado financeiro e por investimentos que podem gerar um lucro futuro, o mercado de day trading (ou ‘negócio diário’, em tradução livre), que consiste, por exemplo, em compra e venda de ações no mesmo dia e na mesma quantidade, para que haja lucro com as variações, vem atraindo cada vez mais investidores, como aponta matéria do Yahoo Finanças.  

Porém, como se trata de um mercado de incertezas, um investimento pode gerar grandes perdas. E foi exatamente isso que aconteceu com um investidor de Natal, no Rio Grande do Norte, identificado apenas como Thiago. Porém, sua perda foi tão grande que ele acabou se suicidando. 

Segundo informações do portal Criptofácil, que foram repercutidas pelo Yahoo Finanças, a mãe de Thiago relata que o filho começou com o day trading depois que ele foi demitido de um banco privado.  

Assim, com o dinheiro de sua demissão, adquiriu um curso online e começou seus investimentos. Só que, segundo a matéria, esse valor foi perdido por Thiago, que acabou desenvolvendo sintomas de depressão. Por conta disso, Thiago acabou se matando após acumular dívidas que ultrapassam a marca dos R$200.000