Notícias » Irã

Irã afirma que destruirá navios norte-americanos que ameacem a segurança do país

O discurso de Hossein Salami, motivado pela fala de Donald Trump, foi transmitido na televisão estatal iraniana na quinta-feira, 23

Pamela Malva Publicado em 23/04/2020, às 13h10

Imagem meramente ilustrativa de Hossein Salami em discurso
Imagem meramente ilustrativa de Hossein Salami em discurso - Divulgação

Após discurso de cunho militar feito por Donald Trump na quarta-feira, 22, o chefe da Guarda Revolucionária do Irã, Hossein Salami, fez um pronunciamento. A declaração, feita na quinta-feira, 23, foi transmitida na televisão estatal do país.

Inicialmente, em seu discurso, Trump afirmou ter instruído a Marinha dos Estados Unidos a abrir fogo contra navios iranianos que a assediassem no mar. Pouco depois, todavia, o presidente norte-americano negou estar alterando regras de combate militar.

Como resposta, Hossein disse que que o Irã deverá destruir quaisquer navios dos EUA que coloquem a segurança do país em perigo no Golfo Pérsico. “A segurança do Golfo Pérsico é parte das prioridades estratégicas do Irã”, disse.

Durante a transmissão, o chefe da Guarda Revolucionária explicou sua posição. "Ordenei nossas forças navais a destruírem qualquer força terrorista americana no Golfo Pérsico que ameace a segurança de navios militares ou não militares do Irã".