Notícias » EUA

Irmã de George Floyd recusa encontro com Joe Biden: "Quebrou a promessa"

Na última terça-feira, 25, familiares de George se reuniram com o presidente na Casa Branca; entretanto, o evento não contou com a presença de Bridgett Floyd

Giovanna Gomes, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 26/05/2021, às 08h43

Bridgett Floyd, irmã de George, em discurso no mês de março deste ano
Bridgett Floyd, irmã de George, em discurso no mês de março deste ano - Getty Images

O presidente Joe Biden recebeu, na terça-feira, 25, os familiares de George Floyd em reunião na Casa Branca, mas, segundo o UOL, a irmã da vítima, Bridgett, não compareceu ao evento. O dia que marcou um ano da morte de Floyd em uma detenção policial contou uma série de protestos, não apenas nos EUA, mas ao redor do mundo. 

Conforme declarou Bridgett durante um protesto em Minneapolis, no estado de Minnesota, Biden teria quebrado sua promessa sobre a reforma no sistema policial. "Ele quebrou a promessa, mas vou dar a ele mais algumas semanas", disse ela. "Organize sua gente!", acrescentou a irmã de Floyd, cobrando o presidente norte-americano pela negociação com parlamentares.

Pouco após o assassinato do homem, o democrata havia prometido que, dentro de um ano, aprovaria uma grande reforma na polícia, o que até o momento não foi cumprido, uma vez que o projeto enfrenta resistência no Senado.

No entanto, um dos sobrinhos da vítima, Brandon, afirmou após a reunião com Biden que o democrata está trabalhando para que a lei "correta" seja aprovada, em vez de correr para que qualquer texto seja ratificado. Já outro irmão de George, Terence, também falou a jornalistas, e considerou o encontro "uma honra" e uma "conversa produtiva".