Notícias » Saúde

Israel planeja encerrar restrições após sucesso na vacinação contra covid-19

O país também cogita abolir o uso de máscaras em locais públicos e permitir grupos de turistas vacinados

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 24/05/2021, às 08h44

Imagem ilustrativa de pessoa sendo vacinada
Imagem ilustrativa de pessoa sendo vacinada - Getty Images

O Ministério de Saúde de Israel anunciou no último domingo, 23, que encerrará as restrições locais para o controle da covid-19 após o sucesso da campanha de vacinação no país, que conseguiu conter as novas infecções com a vacina Pfizer-BioNTech, como informa o portal UOL.

Gradativamente, a economia israelita tem sido reaberta após os registros do novo coronavírus; no último sábado, 22, apenas 12 novos casos foram descobertos no país, sendo o pico em 2021 registrado em janeiro, com 10 mil pessoas em apenas um dia. Em comparação ao Brasil, mais de 70 mil novos diagnósticos foram confirmados no mesmo sábado.

A tecnologia também foi usada em Israel para contribuir com o avanço da imunização; todos os vacinados possuem um "Passe Verde" indicando caso recente de covid-19 ou paciente vacinado. A previsão do governo para a extinção do passe é para o início de junho, acreditando que não haverá necessidade de prosseguir com o programa.

Para evitar o acréscimo, Israel manterá as fronteiras fechadas, permitindo a circulação apenas de turistas vacinados e arranjados em pequenos grupos, sempre passando pela averiguação do governo. Além disso, o uso de máscaras não será abandonado em espaços fechados, mas é reavalidado pelo Ministério da Saúde em locais abertos.