Notícias » Coronavírus

Itália anuncia que possui mais três casos da variante brasileira do coronavírus

Outros países que identificaram a cepa em seus cidadãos foram o Japão, os Estados Unidos e a Alemanha

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 26/01/2021, às 14h00

Fotografia meramente ilustrativa de mulher usando máscara durante voo
Fotografia meramente ilustrativa de mulher usando máscara durante voo - Divulgação/Pixabay

Marco Marsilio, o governador de Abruzzo, na Itália, anunciou nesta terça-feira, 26, que foram identificados mais 3 casos da variante brasileira do coronavírus, todos de uma família que voltou de férias do Brasil. 

A região italiana ocupa uma porção central do país, de forma que o político informou a província exata onde vivem os cidadãos atualmente carregando o vírus, para que a população do local possa tomar cuidados extras. O comunicado também incluiu o fato que os italianos contaminados estão atualmente em quarentena, e terão a oportunidade de receberem a vacina contra o coronavírus em breve. 

Vale dizer ainda que, na última segunda-feira, 25, outro caso de intoxicação pela cepa brasileira foi identificado na porção norte do país. O Japão, os Estados Unidos e a Alemanha são outros locais onde especialistas de saúde descobriram pacientes contaminados com a mutação brasileira do vírus. 

Segundo o Instituto Robert Koch, uma agência de pesquisa do governo alemão, a variante surgida em Manaus possui diversas semelhanças com a da cepa da África do Sul, com ambas sendo muito mais contagiosas que o Sars-Cov-2 com o qual o mundo vem lidando até então. 

A Itália proibiu os voos para o Brasil no dia 16 de janeiro, todavia a família infectada fez sua viagem antes disso.