Notícias » Entretenimento

Jamie Lee Curtis, ícone da franquia Halloween, fala sobre preconceito de Hollywood com a terceira idade

A artista norte-americana fala sobre a difícil situação para quem trabalha em uma indústria que prefere contratar os mais novos

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 20/10/2021, às 15h43

Jamie Lee Curtis no filme "Halloween Kills", que foi lançado esse ano
Jamie Lee Curtis no filme "Halloween Kills", que foi lançado esse ano - Divulgação/ Youtube/ Variety

A atriz Jamie Lee Curtis, que tem 62 anos de idade, desabafou em uma entrevista à revista NME que a idade avançada é algo que atrapalha a carreira em Hollywood, algo que ocorre devido ao preconceito da indústria de filmes norte-americana. 

"Não há dúvida; há alguns empregos que você perderá ou alguns que não conseguirá por causa da sua idade", contou ela, conforme repercutido pela Revista Rolling Stone. 

Por outro lado, a situação vem melhorando para as atrizes que entraram na terceira idade nos últimos anos. 

“Acho que há muito mais oportunidades para as mulheres por causa do movimento #MeToo e por causa das grandes mudanças que ocorreram na diversidade e na paridade de gênero em algumas empresas. Há lugares agora onde a responsabilidade de ser uma mulher da sua idade é agora um trunfo", apontou a atriz. 

A artista, por sua vez, tem segurado seu papel na franquia de terror Halloween durante décadas, uma vez que sua participação na história remonta ao primeiro filme, lançado em 1978.  

Jamie ainda argumentou que idade não deveria ser um fator levado em conta na hora de fazer contratações na indústria cinematográfica, e sim a criatividade do profissional. Para ela, é essa a característica que a manteve capaz de entrar em elencos. 

"A criatividade sempre vencerá. Se você criar algo que eles querem, não importa quantos anos você tem", concluiu em uma nota mais positiva, ainda de acordo com o veículo.