Notícias » Entretenimento

Janet Jackson ainda tem dificuldade em relembrar show do Super Bowl

A irmã de Michael Jackson admitiu que é difícil falar sobre a apresentação em que Justin Timberlake expôs seu seio há 18 anos

Isabela Barreiros Publicado em 13/01/2022, às 10h45

Janet Jackson e Justin Timberlake na polêmica apresentação do Super Bowl em 2004
Janet Jackson e Justin Timberlake na polêmica apresentação do Super Bowl em 2004 - Getty Images

Janet Jackson evita falar sobre o show do Super Bowl em 2004, no qual teve seu seio exposto por Justin Timberlake, há mais de uma década. Mesmo 18 anos depois, a artista ainda tem dificuldade em relembrar o episódio.

Agora, prestes a lançar um documentário sobre a sua vida, Jackson refletiu sobre a apresentação e os impactos do incidente na sua carreira, já que ela acabou perdendo espaço na mídia por muitos anos após a apresentação.

Em entrevista à Allure, a cantora admitiu: “Para mim, é difícil falar sobre essa época”.

Na ocasião, o bustier de Janet foi abaixado por Timberlake no final da música "Rock Your Body", que conta com o verso "Bet I'll have you naked by the end of this song" ("aposto que você te ver nua até o fim dessa música", na tradução livre).

O seio da cantora foi exposto para as milhões de pessoas que assistiam à performance, o que causou uma grande repercussão negativa na época. Os dois pediram desculpas públicas, mas, para a artista, o impacto foi muito maior.

Ela acabou sendo banida da 46ª cerimônia do Grammy e não pôde participar da cinebiografia de Lena Horne, cortada por decisão da própria homenageada, segundo o porta-voz da cantora da época, Stephen Huvane.

“O que é realmente importante é voltar a ter uma base. Não apenas a família, mas Deus também. Isso é o que realmente me ajudou”, afirmou Janet sobre o ocorrido.

Sobre o debate em relação ao machismo e racismo levantado a partir do incidente, a irmã de Michael Jackson afirmou: “Quer eu queira fazer parte dessa conversa ou não, eu faço parte dela".

"Acho importante. Não só para mim, mas para as mulheres. Então acho importante essa conversa. Você entende o que eu quero dizer? E as coisas obviamente mudaram para melhor desde então”, acrescentou.