Notícias » Estados Unidos

Johnny Depp e Amber Heard: Julgamento aborda perturbadora faca presenteada

Processo de difamação iniciado pelo ator contra a ex-esposa já dura 14 dias

Redação Publicado em 04/05/2022, às 15h36

Montagem mostrando Amber Heard (à esquerda) e Johnny Depp (à direita)
Montagem mostrando Amber Heard (à esquerda) e Johnny Depp (à direita) - Getty Images

O processo de difamação iniciado por Johnny Deppcontra Amber Heard completou 14 dias nesta quarta-feira, 4. O objeto da batalha judicial é um artigo que foi escrito pela atriz ao "The Washington Post" em 2018. O texto era intitulado como “Eu me manifestei contra a violência sexual – e enfrentei a ira de nossa cultura. Isso tem que mudar"

Os advogados de Depp, que afirmam que o artigo continha inverdades que prejudicaram a carreira do artista, finalizaram a apresentação de seu caso na última terça-feira, 3. Hoje, os representantes de Heard iniciaram sua defesa.

Um dos tópicos trazidos à tona foi uma faca dada de presente para a estrela da franquia Piratas no Caribe por sua então parceira, segundo repercutido pelo The Independent. O objeto trazia as palavras "Hasta la muerte", que são "Até a morte" em espanhol. 

Fotografia da faca citada / Crédito: Divulgação/ Tribunal de Virgínia

Argumentos

O advogado de Depp, Wayne Dennison, perguntou para a primeira testemunha chamada pela defesa de Heard, a psicóloga Dawn Hughes, se aquela faca parecia um presente de alguém que estava "com medo por sua vida". 

Ela o comprou porque achou que seria um presente gentil", respondeu a profissional, acrescentando que a atriz estava, na época, "em negação" em relação à "violência no relacionamento" vivido por ela. 

Ainda conforme o The Independent, a testemunha afirmou que a frase inscrita na arma também era uma referência a algo dito por Johnny Depp no contexto de uma conversa sobre acordos pré-nupciais. "Eu não quero um porque a única saída desse relacionamento é a morte", teria afirmado o ator na ocasião. 

Confira na íntegra as falas de Hughes ao tribunal no vídeo abaixo: