Notícias » Estados Unidos

Jornal do Kansas iguala mandato de máscara com holocausto

Depois de decisão de governadora ter causado revolta em negacionistas, um jornal republicano postou uma indevida caricatura comparando ao trágico episódio da Segunda Guerra

Caio Tortamano Publicado em 07/07/2020, às 15h45

Charge aponta governadora com a legenda "Coloque sua máscara e embarque no trem de carga"
Charge aponta governadora com a legenda "Coloque sua máscara e embarque no trem de carga" - Divulgação - Anderson County Review

Na página de Facebook de um jornal semanal do Kansas, nos Estados Unidos, uma charge comparava a ordem de senadores democratas em obrigar o uso de máscaras em locais públicos com o holocausto.

O periódico Anderson County Review é gerido por um deputado do Condado de Anderson que pertence ao Partido Republicano (opositores aos democratas). A charge mostrava uma caricatura da governadora democrata do Kansas, Laura Kelly, usando uma máscara com a estrela de Davi — símbolo judaico — ao lado de uma fila de pessoas entrando em trens de carga, da mesma maneira como judeus eram enviados para os campos de extermínio.

Kelly sofreu críticas após ter sancionado uma lei obrigando o uso de máscaras em estabelecimentos para conter o avanço do novo coronavírus. Porém, a charge foi vista de maneira completamente negativa e recebeu diversas — e justas — críticas, fazendo com que o administrador da página deletasse o conteúdo.

Por meio de uma nota no Facebook, Dane Hicks, que faz as publicações na página, afirmou: “Não era minha intenção trazer mais dor frente a essa dor histórica, e aparentemente gerei um entendimento equivocado quanto a seriedade das imagens e da dor que elas traziam. [...] ficou claro que eu deveria ter escolhido um tema menos sensível para usar de referência a crítica”.

Hicks ainda se desculpou para com aqueles que se sentiram ofendidos, e afirmou ter se engajado em “conversas educacionais” com líderes judeus nos Estados Unidos, entendendo o porquê de ter ofendido pessoas da cultura.