Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Reino Unido

Jornalista interrompe e critica meteorologista ao vivo: 'Profetas da desgraça'

Na ocasião, John Hammond falava sobre cenário que pode causar a morte de milhares de pessoas no Reino Unido

Fabio Previdelli Publicado em 19/07/2022, às 16h03

Discussão entre Bev Turner e John Hammond - Divulgação/ Redes Sociais
Discussão entre Bev Turner e John Hammond - Divulgação/ Redes Sociais

Em entrevista ao canal britânico GB News, o meteorologista John Hammond foi interrompido pela apresentadora Bev Turner enquanto falava sobre uma situação que poderá causar “várias mortes” no Reino Unido nos próximos dias. 

Enquanto estava ao vivo, Hammond comentou sobre a forte onda de calor que atinge a Europa — a expectativa é que os termômetros ingleses alcancem a casa dos 40º C, algo inédito no país. 

"Pode haver centenas, talvez milhares de mortes na próxima semana", disse John, que considerou o cenário como “assustador” e “potencialmente letal por alguns dias”. "Tudo será breve, mas será brutal, então você sabe...", prosseguiu até ser interrompido por Bev

Então, John, quero que fiquemos felizes com o clima e não sei se aconteceu algo com os meteorologistas para torná-los um pouco fatalistas e profetas da desgraça", disse Turner.

"Todas as transmissões, principalmente na BBC, sempre que ligo [a TV] alguém está falando sobre o clima e falando que haverá fatalidades", continuou a apresentadora, que defendeu que o Reino Unido “sempre teve clima quente”.

Segundo o UOL, a fala é baseada no verão de 1976, quando as temperaturas no país subiram acima da média. O meteorologista, porém, ratificou a seriedade do problema, ressaltando que cada vez mais registros catastróficos são provocados por conta das mudanças climáticas

"Estamos presenciando cada vez mais, com maior frequência e severidade [as mudanças climáticas] e, sim, algumas pessoas vão sempre lembrar do verão de 1976, que foi um evento bizarro ocorrido há mais de 40 anos. Mas as ondas de calor estão se tornando mais extremas, esta é mais uma vindo em nossa direção", rebateu John

Não acredito que devemos ficar alegres com o fato de que muitos vão morrer na próxima semana devido ao calor", encerrou. 

A vida imitando a arte?

Com a viralização nas redes sociais da participação de John Hammond no programa, diversos internautas passaram a comparar a postura de Bev Turner com os âncoras mostrados no filme “Não Olhe Para Cima”, da Netflix. 

Na obra, dois cientistas vão a um programa de televisão avisar sobre a iminente colisão entre um cometa e a Terra, o que acabará com a vida em nosso planeta. O evento, porém, é ignorado pelos jornalistas.