Notícias » Estados Unidos

Jovem faz piada com caso George Floyd, em cartaz escolar

Em uma espécie de convite para o baile do colégio, o estudante fez um trocadilho infeliz

Penélope Coelho Publicado em 25/02/2021, às 09h31

"Se você fosse para o Sadies (referindo-se ao baile) comigo, isso me tiraria o fôlego", diz a frase escrita em um cartaz polêmico
"Se você fosse para o Sadies (referindo-se ao baile) comigo, isso me tiraria o fôlego", diz a frase escrita em um cartaz polêmico - Divulgação

De acordo com informações publicadas na última terça-feira, 23, pelo portal de notícias UOL, uma escola localizada em Nevada, Estados Unidos, irá investigar o caso de um estudante que postou uma foto segurando um cartaz que carregava uma mensagem polêmica.

Na ocasião, o jovem realizou uma espécie de convite para o baile do colégio, fazendo um trocadilho e uma caricatura relacionada ao caso da morte deGeorge Floyd, ex-segurança que morreu asfixiado em uma abordagem policial, no dia 25 de maio do ano passado.

O caso desencadeou diversos protestos nos EUA, pedindo o fim do racismo. Na ocasião, um vídeo da vítima dizendo que não conseguia respirar, circulou nas redes sociais e gerou indignação ao redor do mundo.

No caso de Nevada, o estudante escreveu no cartaz: "Se você fosse para o Sadies (referindo-se ao baile) comigo, isso me tiraria o fôlego". Além disso, o convite também continha um desenho que remetia Floyd e o nome do norte-americano estava escrito nas laterais da folha.

Até o momento, não se sabe ao certo o local e a data em que a foto foi tirada, contudo, o colégio Foothill High School juntamente com o Clark Country School District, abriram uma investigação para analisarem o caso.

O ocorrido foi repudiado pela escola, que afirmou não tolerar “comportamentos racialmente insensíveis que contradizem uma comunidade inclusiva e impactem a cultura escolar de nossos alunos”, informou a instituição de ensino, em comunicado oficial.