Notícias » Estados Unidos

Júri que decidirá a sentença do policial que sufocou George Floyd está quase completo

O sistema de justiça dos Estados Unidos escolheu os primeiros 12 jurados através de um cuidadoso processo de seleção

Ingredi Brunato, sob supervisão de Alana Sousa Publicado em 22/03/2021, às 16h30

Foto de Derek Chauvin, assassino de George Floyd
Foto de Derek Chauvin, assassino de George Floyd - Divulgação

Segundo divulgado pela AFP nesta segunda-feira, 22, a formação do júri que irá atuar no julgamento de Derek Chauvin, o ex-policial branco que assassinou George Floyd, está quase completa. 

A esse ponto, já foram selecionados 12 jurados, o que levou 10 dias durante os quais 60 pessoas foram entrevistadas e responderam um questionário de 16 páginas a respeito de seus posicionamentos em relação a Chauvin, o movimento Black Lives Matter (Ou “Vidas Negras Importam”), a polícia em geral e a mídia. 

Vale dizer que o processo de seleção do júri para o julgamento do ex-policial foi anormalmente detalhado — em geral, não leva tanto tempo, e o questionário não é tão longo, por exemplo. 

Até agora, os escolhidos são dois homens brancos, cinco mulheres brancas, três homens negros, uma mulher negra e duas mulheres de raça mista, ainda de acordo com a AFP. Suas profissões e idades são variadas. O critério principal que os levou a serem selecionados foi sua capacidade de avaliar o caso sem se deixarem levar por inclinações pessoais.

Chauvin pode pegar uma sentença de até 40 anos de prisão, porém tudo dependerá da decisão final dos jurados.