Notícias » Música

Keith Richards, guitarrista dos Rolling Stones, desvenda mistério sobre origem de hit

O músico comentou sobre a canção “Paint It Black”, de 1966, e sua origem peculiar

Larissa Lopes, com supervisão de Alana Sousa Publicado em 02/02/2021, às 08h00 - Atualizado às 09h40

Mick Jagger e Keith Richards no Super Bowl XL, em 2016
Mick Jagger e Keith Richards no Super Bowl XL, em 2016 - Getty Images

Após anos de especulação da mídia e dos fãs, Keith Richards, 77, guitarrista dos Rolling Stones, revelou a verdadeira origem da música “Paint It Black”. Lançada em 1966, durante a Guerra do Vietnã, a faixa se tornou uma homenagem da cultura pop ao conflito.

Contudo, “Paint It Black” surgiu originalmente como uma piada a Eric Easton, o primeiro empresário da banda. Conforme repercutido pela Rolling Stone, Keith Richards afirmou: "Para mim, o que é incrível nela é a cítara [instrumento de cordas] e o fato dela ter começado como uma piada".

Richards completou: "Bill Wyman [ex-baixista] começou a tocá-la no órgão em um ritmo que satirizava o nosso primeiro empresário que iniciou no show business como pianista de palco de cinema, e todo mundo curtiu". 

Além disso, o guitarrista contou que a canção finalmente fez sentido quando Brian Jones, fundador e líder original dos Rolling Stones, tocou a cítara em conjunto. “Paint It Black” atingiu o primeiro lugar da Billboard, e já foi trilha sonora do filme ‘Full Metal Jacket’ e da série de TV ‘Tour of Duty’, ambas produções sobre a Guerra do Vietnã.

De acordo com o famoso livro “Rocks Off: 50 Tracks That Tell the Story of the Rolling Stones”, o hit também teve inspiração em "Hava Nagila", canção frequentemente tocada em casamentos judeus. O atual vocalista da banda, Mick Jagger, sentia que as duas faixas se pareciam.