Notícias » Coreia do Norte

Kim Jong –un está vivo, afirma agência internacional

Depois dos rumores de que estava morto, o ditador da Coreia do Norte fez sua primeira aparição pública em 20 dias

Paola Churchill Publicado em 02/05/2020, às 10h15

Kim Jong-un, ditador da Coreia do Norte
Kim Jong-un, ditador da Coreia do Norte - Getty Images

A agência nacional KCNA, o veículo oficial de notícias da Coreia do Norte, afirmou na última sexta-feira, 1, que Kim Jong-un fez sua primeira aparição pública em mais de 20 dias, após rumores de que estaria morto.

Segundo informações, o líder coreano participou de uma cerimônia de conclusão de uma fábrica de fertilizantes em Sunchon, ao norte do país. Essa foi sua primeira aparição desde 11 de abril. 

Imagem divulgada pela agência mostra Kim no dia 1 de maio / Crédito: Divulgação

 

Kim teria cortado a fita cerimonial na sexta-feira e que todos no evento ficaram felizes. "Explodiram em gritos estrondosos de 'hurra!’ para o líder supremo que está comandando a marcha geral de todas as pessoas para a grande causa da prosperidade".

Os rumores sobre o paradeiro de Kim começaram após ele não ter participado da cerimônia que marca o aniversário de seu avô, Kim Il-sung — o fundador do país. Essa data é a mais importante do calendário político da Coreia do Norte.

Desde então, surgiram diversas teorias do que poderia ter acontecido, como, um auto-isolamento por conta da Covid-19, uma cirurgia cardíaca que deu errado e até mesmo sua morte.

Na terça-feira, 28, imagens de satélites divulgadas pela NK PRO, mostravam movimentos de barcos frequentemente usados por Kim, que sugeria que ele poderia estar vivo e estava na área de Wonsan, região do luxuoso resort usado pelas maiores autoridades do país.