Notícias » Arte

Ladrões invadem museu na Holanda e tentam levar obra milionária de Claude Monet

Os suspeitos chegaram a efetuar disparos ao serem interceptados por funcionários do local, no último domingo, 15

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Pamela Malva Publicado em 19/08/2021, às 13h00

Pintura de Monet intitulada "O Voorzaan e o Westerhem"
Pintura de Monet intitulada "O Voorzaan e o Westerhem" - Divulgação / Museu Zaans

Dois homens tentaram invadir o Museu Zaans em Zaandam, ao norte de Amsterdã, e roubar uma das principais obras que compõe o acervo da instituição, confeccionada pelo pintor francês Claude Monet, segundo a polícia holandesa. Os suspeitos não tiveram sucesso na empreitada, mas efetuaram disparos durante o assalto.

A obra 'O Voorzaan e o Westerhem', feita a óleo, chegou a ser alcançada pelos envolvidos por volta das 10h30 da manhã do último domingo, 15, mas o grupo foi alcançado por funcionários e visitantes do local, que impediram o roubo. Testemunhas relatam que os suspeitos fugiram em uma moto preta, posteriormente localizada por autoridades locais.

Agora, a peça está sendo examinada por especialistas para tentar localizar algum dano físico dada a sensibilidade do artefato composto em 1871. Ilustrando barcos no rio Zaan, o quadro está instalado no museu desde 2015, quando foi adquirido por 1,16 milhões de euros (aproximadamente R$ 7,3 milhões na cotação atual).

A diretora do museu, Marieke Verweij, concedeu uma entrevista à CNN explicando que teve de remover a peça da atual exposição. A mulher ainda explicou que os funcionários ficaram chocados com a tentativa: "Estamos aliviados em dizer que ninguém se machucou e que eles não foram capazes de roubar nada", afirmou.