Notícias » Estados Unidos

Legista confirma que influencer que desapareceu em viagem foi morta por estrangulamento

O corpo de Gabby Petito, de 22 anos, foi encontrado em meados de setembro

Penélope Coelho Publicado em 13/10/2021, às 09h42

Fotografia de Gabby Petito
Fotografia de Gabby Petito - Divulgação/Find Gabby/Facebook

Na última terça-feira, 13, o chefe do departamento legista do condado de Teton, Brent Blue, realizou uma entrevista coletiva para falar a respeito das análises e dos exames toxicológicos que foram feitos no corpo da influencer Gabby Petito.

Segundo o legista, a causa da morte da norte-americana de 22 anos foi estrangulamento. A ação criminosa teria acontecido de três a quatro semanas antes de seu corpo ser encontrado, em uma floresta em Wyoming, no dia 19 de setembro.

Blue não deu mais detalhes sobre o assunto, além de acrescentar que o corpo foi deixado na natureza. Sem especificar se havia sido enterrado ou não, nem indicar se haviam elementos que indicassem que a jovem foi agredida. As informações são do g1.


Relembre o caso

A influenciadora e seu noivo Brian Laundrie, de 23 anos, estavam viajando através do território estadunidense em sua van, viagem que era documentada no Instagram da jovem.

No último mês de agosto, todavia, Petito deixou de responder mensagens de texto ou atender ligações da família e dos amigos, causando preocupação. 

Laundrie voltou da excursão no dia primeiro de setembro, porém, estava sozinho. Ele também se recusou a conversar com os policiais a respeito do caso, fazendo com que se tornasse uma "pessoa de interesse" da investigação.