Notícias » Estados Unidos

Lei aprovada na Califórnia obrigará lojas de brinquedos a terem seções de gênero neutro

Medida começa a entrar em vigor em 2024

Fabio Previdelli Publicado em 12/10/2021, às 13h24

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Pixabay

Na última segunda-feira, 11, Gavin Newsom, governador da Califórnia, promulgou uma lei inclusiva que só vigorará a partir de 2024, mas que já vem causando certa polêmica entre pessoas que aprovam e que são contrárias a ela.  

Acontece que, daqui menos de três anos, todas as lojas de brinquedo do estado americano, que possuírem mais de 500 funcionários, serão obrigadas a criarem seções de gênero neutro. O projeto foi aprovado pelo parlamento local.  

Com isso, vale ressaltar, tais estabelecimentos não serão obrigados a manterem apenas corredores de gênero neutro; ou seja, poderão continuar a separar em prateleiras brinquedos que, em tese, são comumente destinados para meninos ou meninas.  

A idealização da lei começou, segundo explica matéria publicada pelo site da rádio BandNews FM, depois que uma menina questionou o motivo dela não poder comprar um brinquedo que é destinado aos meninos — já que a loja em que ela estava separava os itens desta maneira.  

Apoiadores da nova lei comemoram que a medida irá resguardar a identidade de gênero das crianças; já os críticos debatem se a nova determinação acabará com a falta de liberdade de tais estabelecimentos.